pianco in foco

Marido de aluguel; piancoense adota pratica para sobreviver

Em Piancó a crise aperta e sobreviventes adotam outras atividades profissionais para comprar o pão de todo dia. Os piancoenses estão sentindo na pele e no estômago o efeito de uma crise sem precedentes, que se agrava com a ausência de políticas públicas voltadas para amenizar a situação; e, como isto não bastasse, ainda pagam um preço muito alto por não fazerem parte do seleto grupo da atual gestão e terem sido ‘obrigados’ a prestar serviços voluntários à administração, ficando assim sem nenhuma remuneração.

É certo que o Município vive  “NOVOS DIAS e UM NOVO TEMPO” mas, esta nova realidade é usufruto apenas para o prefeito e os seus; a maioria da população anda de cara feia (fome), cabisbaixa e com medo do fim do mês. Então, diante destes “Novos Dias e Um Novo Tempo” alguns filhos deste solo para não passarem fome de ‘tudo’ estão se virando no que podem para ganhar o pão, inclusive em maridos de aluguel.

Piancó; 269 Anos – Velho, corcunda, subtraído, enganado. Te prometo asfalto, adutora e zoológico… rasgo tua bandeira e arranco de ti o meu quinhão.

Author: ZECA ALVES

Share This Post On

O que se passa no vale?

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*